quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Velhas histórias.

Algumas histórias demoram a serem digeridas. Como um romance que você lê, que te acompanhou por tanto tempo, e que de repente acaba, te deixando sem respostas. E aquela história fica martelando dias na sua cabeça. Algumas histórias são assim. Algumas histórias incomodam. São insistentes. Não são chatas, não são tediosas, mas não te deixam em paz. Você tenta expulsá-las de dentro de você colocando-as num pedaço de papel, ou desabafando pra alguém, ou desabafando pra si mesmo debaixo do chuveiro. Mas elas insistem em não te deixar. Você sabe que um dia elas irão embora. Talvez quando você já esteja acostumado a elas, elas se despeçam. Como tudo na vida. E quando esse dia chegar, que descansem em paz. Que descansem aquelas que não deixaram você descansar.

2 comentários:

Leuuooo disse...

Velhas histórias, independente do tempo em que foram contadas, sua idade depende das sensações que elas nos remetem ...

E boas histórias são assim, a gente faz parte delas, um espectador ansioso por acontecimentos, por participações, tentativas vãs de interferencia e afins ...

E cada história vive o seu tempo e nós aprendemos a viver com cada uma delas !

Bju bRu
:)

Rick disse...

Outras histórias surgem para que as antigas que nâo foram degeridas possam ser perdidas para dar espaco as novas

bjs